McDonald’s vai à classe C vender hambúrguer

Três anos após assumir as operações do McDonald’s na América Latina, a Arcos Dourados vem aproveitando como poucos as benesses do mercado comum do Cone Sul para instituir seu modelo de negócio. Isto vale tanto para a cadeia de distribuição quanto para a gestão da companhia.Apesar de o escritório corporativo da empresa estar localizado na Argentina, o Brasil tem mantido uma participação de destaque no quadro decisório do grupo.Aqui está situada a vice-presidência de comunicação da América Latina, bem como as diretorias de franquia e treinamento da região.

Colaboradores da rede de toda a América Latina, inclusive México, fazem seu treinamento na Universidade do Hamburguer,em São Paulo. Já o Uruguai agrega a vice-presidência de marketing.Este modelo segue no estilo de Woods Staton, principal acionista da Arcos Dourados, que gosta de encurtar as distâncias da empresa,mesmo quando elas são continentais,afirma Marcelo Rabach, presidente do McDonald’s no Brasil.Isto vale também para os fornecedores.A Fresh Start Bakeries,que supria apenas o Brasil, passou a vender ao Uruguai. “A Polenghi também fez investimentos no Uruguai e existem conversas com nosso fornecedor de carnes Marfrig para levar os negócios para outros mercados”,diz Rabach.

O processo faz parte do caminho traçado pela Arcos Dourados em 2007 com o objetivo de dobrar o tamanho da empresa até 2016. E nem a crise foi capaz de prejudicar as metas. Com 1,8 mil lojas na América Latina, sendo 575 no Brasil, a empresa conseguiu superar as dificuldades. A prova está no aumento do tráfego de clientes. “Temos uma média histórica de 1,6 milhão de clientes por dia e conseguimos ampliar em 5% este número em 2009”, diz Rabach.

Marcelo Rabach: ações de marketingO aumento é resultado da implantação no país da plataforma “Grandes Prazeres, Pequenos Preços”, que permitiu oferecer aos clientes combinações de lanches de R$ 3, R$4 e R$5.A ação foi criada na França há cerca de cinco anos, depois de ter sido implantada na Argentina na época da crise econômica de 2003 e 2004, tendo seguido para Uruguai,Chile, Peru e Venezuela, antes de ser implementada no Brasil.A plataforma ajudou a impulsionar uma estratégia existente:levar os restaurantes para regiões com predominância da população de classes C e D. Em 2009, a empresa inaugurou 22 restaurantes,chegando a cidades como Vitória da Conquista (Bahia), Caruaru(Pernambuco) e Porto Velho(Rondônia). “Só não estamos presentes em quatro estados do Brasil: Amapá, Acre, Roraima e Tocantins”, diz Rabach. Esta situação deve mudar em breve.“Temos planos de chegar em pelo menos um desses estados em 2010 e, em outro, em2011.”A dificuldade para acelerar a expansão nessas áreas é simplesmente logística, garante o executivo,que tem mantido uma agenda apertada de viagens para identificar novos mercados para a rede. “O Brasil é do tamanho de um continente, temos a obrigação de oferecer a mesma qualidade nos restaurantes de São Paulo ou de Manaus”, afirma.

O balanço do ano passado ainda não foi divulgado ao mercado, mas a rede já sabe o que quer conquistar em 2010. O McDonald’s prevê um aumento de 8,5% nas vendas comparáveis no ano, puxadas pelas ações para promoção da Copa do Mundo. A rede de fast food é patrocinadora oficial do campeonato e vai trazer ao Brasil a tradicional seleção de lanches que representam os países: Alemanha,Espanha, Estados Unidos, França,Brasil, Itália e Uruguai. Além disso, Rabach diz que a promoção deste ano terá um diferencial,a empresa vai levar crianças brasileiras para participar dos jogos na África do Sul. Outra aposta da companhia é o desenvolvimento do produto café da manhã, que vem ajudando a rentabilizar as lojas 24h. Em 2008, quando os lanches matutinos foram lançados no Brasil, a rede contava com apenas 13 lojas que funcionavam sem fechar.Neste ano, o produto chegou a 50 restaurantes, que já tem 5% de seus clientes com a demanda do café da manhã.

Quer receber mais notícias como esta? Cadastre-se aqui!

Anúncios

2 Responses to McDonald’s vai à classe C vender hambúrguer

  1. Roselane disse:

    Gostaria de saber mais sobre a franquia de quiosques de sorvete McDonald’s.
    Aguardarei contato,
    Grata,
    Roselane

  2. glaidson disse:

    informaçoes sobre franquias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: