Agências de intercâmbio buscam novos públicos

image

O turismo de intercâmbio, que no mundo já movimenta cerca de US$ 10 bilhões por ano, segundo a associação brasileira do setor (Belta), busca diversificar seus produtos para manter o crescimento do setor registrado em 2009, quando o número de viajantes teve expansão de 15% em relação a 2008, ou de um total de 120 mil para 138 mil.

"Em 2010, o setor está mais aquecido, com grande procura, e o dólar está com o patamar um pouco mais alto, mas não afetando a demanda para estudos no

exterior", afirma a presidente da Belta, Maura Leão.

Ela conta que entre algumas das estratégias das empresas do setor, desenvolvidas desde o ano passado, está o aumento da oferta de vagas de trabalho no exterior e programas de intercâmbio para pessoas com mais de 50 anos de idade.

O Student Travel Bureau (STB), a maior empresa do setor, só no último trimestre de 2009 registrou crescimento de 50% no seu resultado, ante igual período de 2008. Para 2010, a empresa quer crescer 50%. "As projeções indicam que a demanda continuará em alta na área de Educação Internacional em 2010, principalmente pelo jovem profissional. Para isso, o STB investirá na comunicação com esse público por meio de ações segmentadas para o mercado corporativo e marketing direto", afirma a vice-presidente do STB, Santuza Paolucci Nogueira Bicalho.

O STB está montando uma equipe para ampliar sua atuação na oferta de cursos de orientação de carreira no exterior, segmento que teve queda de 50% em 2009 por causa da crise mundial. A ideia, diz Santuza, é contratar estudantes do último ano de administração ou psicologia focados em recursos humanos.

O objetivo é acompanhar estudantes inscritos em programas que oferecem vagas de emprego nos Estados Unidos. Na volta ao Brasil, eles serão avaliados e recomendados para vagas em companhias brasileiras. "A proposta é a de oferecer um serviço estruturado de recomendação de jovens profissionais para empresas que buscam recursos humanos fluentes em inglês e com experiência internacional", diz Santuza.

A CI, por sua vez, vai investir na expansão do número de lojas, com previsão de abertura de mais 40 unidades este ano, sendo que até quatro serão franquias. Em número de viajantes, a empresa estima crescimento de 40% em relação aos 35 mil estudantes de 2009. "Está crescendo muito a demanda de jovens que trocam as viagens de lazer por agências especializadas em programas de intercâmbio", afirma o diretor da CI, Celso Garcia.

 

image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: