Veja como empreender em seis passos

*Por Filomena Garcia

Do UOL, em São Paulo

Empreender com sucesso está longe de ser uma ciência exata. Não existe uma receita perfeita. E, mesmo que existisse, segui-la à risca poderia não ser o suficiente para se obter um ótimo resultado. Não é raro encontrarmos duas pessoas que prepararam a mesma receita e chegaram a resultados bem diferentes.

Para empreender não basta o dinheiro no bolso e a vontade de ter o seu próprio negócio. Grande parte do sucesso, ou fracasso, depende do perfil do empreendedor, de sua habilidade como administrador e principalmente do seu comportamento diante do desafio de ter um negócio.

Apesar dessas particularidades, existem alguns aspectos que todo empreendedor precisa considerar antes, durante ou depois de abrir o seu negócio.

A escolha do negócio

Na hora de escolher qual será o tipo de negócio que você estará à frente, opte por algo com o qual você tenha afinidade ou um certo conhecimento de mercado. Independente do segmento ou serviço escolhido, é muito importante que você se sinta confortável no universo em que irá atuar.

Por isso, na hora de escolher o seu negócio, não olhe apenas o lucro que ele propicia. É mais difícil ser bem sucedido em um segmento com o qual você não tem a menor afinidade.

O modelo do negócio

É importante ter em mente que, independentemente do modelo de negócio escolhido, ele vai implicar em alguns riscos. Não existe um modelo de negócio 100% seguro. Alto ou baixo, o risco sempre existirá. Procure conhecê-lo e entendê-lo muito bem, contrapondo-o com as vantagens do modelo que você elegeu.

O mercado

Informação nunca é demais. Pesquise, converse, pergunte. Tente obter o máximo de informações, saber quais os desafios de se empreender no segmento escolhido. Quem já está há algum tempo à frente de um negócio pode te dar boas ideias, dicas e até contar coisas que você nem imaginava que pudessem acontecer durante a administração de um negócio.

O seu momento de vida

O seu atual momento de vida permite que você se dedique, pelo menos nos próximos dois ou três anos, ao seu novo empreendimento? Esse é o tempo médio que um empreendimento leva para “amadurecer” e que você leva para ter domínio sobre o modelo de negócio escolhido.

Tenha em mente que, durante esse período, o empreendimento deverá ser o centro de suas atenções.

O planejamento

Planeje os primeiros anos do seu negócio, considerando alguns detalhes importantes: expectativas reais de investimento e de retorno do capital investido, capital de giro necessário para o início da operação e prazo para utilização dessa quantia, perfil da equipe de trabalho, habilidades a serem aprimoradas ou incluídas na equipe através de contratações e estratégias para diferenciar-se da concorrência.

Mantenha-se sempre atualizado do que está acontecendo, não apenas no segmento de sua atuação, mas também em outros que podem impactar o seu negócio, e esteja pronto para revisar e ajustar essa estratégia periodicamente de acordo com os movimentos naturais do mercado.

A sociedade

Se você pensa em ter sócios, procure pessoas com perfis complementares ao seu. Se você tem um perfil administrativo, por exemplo, busque um sócio que tenha o perfil comercial. Se você é mais visionário ou estrategista, procure se associar a bons executores.

Esse equilíbrio é fundamental para o sucesso do seu negócio e essa dica pode ser aplicada também na hora de montar a sua equipe.

Toda pessoa possui um certo grau de empreendedorismo. Uns têm um perfil mais agressivo. Outros são mais conservadores. Esse fator determina, inclusive, qual o nível de risco que a pessoa se permite correr ao empreender.

Procure identificar, antes de começar seu próprio negócio, onde o seu perfil está situado nesse cenário. Tenha em mente que o conceito de empreendedorismo abrange muito mais do que ser o dono de sua própria empresa.

Também não basta ter uma boa ideia. Acima de tudo é preciso ter a capacidade de implementá-la. Você pode, inclusive, se tornar um empreendedor em seu emprego atual, trazendo novas possibilidades, agregando novas soluções ou até mesmo desenvolvendo uma nova área de negócios. Mãos à obra!

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: