Comunicação não é só mídia

*Por Filomena Garcia

Na semana passada, falamos sobre a importância de uma estratégia de canais de venda bem orquestrada para o sucesso do seu negócio. Vimos que para ampliar os horizontes de sua empresa, é preciso estar onde o cliente está.

Porém, para garantir que o seu público-alvo seja efetivamente atingido e tenha uma experiência de consumo consistente com os valores de sua marca em qualquer canal que ele escolher, você precisará desenvolver e trabalhar a sua comunicação.

Não basta apenas informar sobre o produto ou serviço comercializado. É importante estabelecer um “diálogo” constante com seu público-alvo, envolvendo-o em suas campanhas e ações institucionais.

Erro comum é replicar o mesmo anúncio em vários canais de venda

Criar e manter esse diálogo, mesmo quando sua empresa atua em um único canal, não é uma tarefa simples. Por esse motivo, é muito comum que os empreendedores tenham dúvidas e enfrentem percalços ao definir e implementar a estratégia de comunicação quando a atuação da empresa é multicanal.

Um dos erros mais frequentes é replicar a comunicação criada para um canal de venda em outro, sem nenhuma adaptação. Por exemplo, utilizar um anúncio criado para veiculação tradicional em revistas numa ação de e-mail marketing.

Ao optar por um determinado canal, o consumidor leva em consideração – de maneira consciente ou não – fatores como conveniência, agilidade, preço, atendimento, experiência sensorial e linguagem.

Para que sua comunicação alcance o máximo de eficiência em um canal, ela precisa estar alinhada com a expectativa dos consumidores que o utilizam em relação a esses fatores. Em outras palavras, ela precisa falar a língua daquele meio.

Conheça as linguagens características de cada mídia

Dentro do nosso exemplo, as imagens estáticas, características das mídias impressas, têm pouco ou nenhum apelo junto ao público dos canais on-line que, acostumados à linguagem dinâmica da internet, preferem vídeos e fluxos de informação em tempo real.

Para evitar essa situação, algumas empresas optam por delegar a cada canal a autonomia para criar e desenvolver sua própria comunicação. Essa independência absoluta, porém, pode resultar em uma comunicação descoordenada e sem identidade, confundindo consumidores e afetando de maneira prejudicial a imagem da marca.

Para ser efetiva, uma estratégia de comunicação precisa abranger todos os canais em que a empresa atua. Para isso, é preciso conhecer muito bem o perfil e os anseios do consumidor de cada canal e a linguagem característica das mídias disponíveis para dialogar com o público em cada um deles.

Tenha em mente que o objetivo principal da comunicação é disseminar o DNA de sua marca e o seu portfólio de produtos de forma a encontrar o consumidor onde ele estiver.
Que tal olhar agora mesmo a comunicação da sua empresa com o olhar do cliente? Ótima semana!

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: