Chilli Beans lança coleção de relógios de alumínio

31/10/2012

A Chilli Beans, conhecida por seus óculos desejáveis, lançou uma nova linha de relógios. Os modelos são desenvolvidos em alumínio, o que propicia grande leveza aos acessórios disponíveis em mais de quinze cores, como o amarelo ovo, salmão, azulzinho, prata, pink, coral e chumbo.

As cores vivas da coleção são ideais para o próximo verão, além de uma boa pedida para incrementar visuais descolados.

As marcas de acessórios parecem estar destinando um olhar especial para os relógios, itens básicos e, ao mesmo tempo, ideais para montar um look com mais produção. A Chilli Beans já conta com quatorze anos de mercado.

Fonte: Pure Trend

Para saber mais informações sobre a Chilli Beans, clique aqui.

Anúncios

Marcas nordestinas querem disputar clientes do sudeste

31/10/2012

Mesmo com um mercado em que a concorrência é acirrada devido ao grande número de players no varejo, além da falta e até o encarecimento dos pontos comerciais, várias empresas fundadas em regiões como o nordeste, por exemplo, têm procurado São Paulo para expandir operações.

O que faz esse empresário apostar nas grandes capitais, como a paulista e a carioca, é o hábito de consumo dos moradores dessas regiões, conforme explicou Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store – empresa especializada na comercialização de bandeiras para operação no sistema de franquia.

“Há uma tendência migratória: marcas de fora de São Paulo planejam expansão para a capital, ou, pelo menos, para os arredores. Os hábitos de consumo de uma cidade da Grande São Paulo são muito parecidos com os da capital paulista e precisam ser entendidos por uma marca do nordeste do País, por exemplo”, diz.

Iniciativas

Para aproveitar o potencial de consumo elevado que essas regiões do sul e do sudeste têm apresentado, impulsionados também pela classe C, a rede cearense Zarkha – que comercializa sapatos masculinos e femininos – pretende ter, em 2013, ao menos 12 novas lojas em operação, divididas entre: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Distrito Federal.

Carlos Vanley, fundador da grife, disse, em entrevista ao DCI, que a meta é aproveitar a experiência anterior de já ter sido um franqueado de outras marcas, para assim obter maior visibilidade da rede que criou em 2001. “Toda a experiência do passado me deixou mais preparado para expandir a Zarkha para fora de Fortaleza”, enfatizou Vanley.

Atualmente, a grife possui duas lojas próprias localizadas em shoppings de Fortaleza. Segundo empresário, no ano passado a empresa faturou R$ 2,4 milhões.

A expectativa do empresário é ampliar o número de pares de sapatos comercializados mensalmente de 1.200 para 7.000 e atingir no próximo ano o faturamento de R$ 2,7 milhões.
Outra bandeira que também está de olho na Região Sudeste é a baiana Use Shoes. Há dez anos no mercado regional, a empresa quer pegar uma fatia da rentabilidade da região para fechar 2013 com 10 novos espaços.

Fonte: DCI

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Para saber mais informações sobre a Zarkha, clique aqui.


Dia 06 de Novembro acontece o Dia do Vestuário

31/10/2012

A Franchise Store, primeira loja de franquias do Brasil, realiza em sua sede em São Paulo o Dia do Vestuário. O evento tem como objetivo apresentar para os empreendedores opções de investimento  nesse segmento que cresce a passos largos.

De acordo com dados apresentados pela Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) a cadeia têxtil movimentou US$ 67 bilhões em 2011, e a expectativa é que neste ano o número seja superado. No mercado de franquias, isso se reflete no crescimento do segmento de vestuário.

Os participantes poderão conhecer e esclarecer dúvidas sobre a operação de todas as marcas do segmento presentes no portfólio da empresa, entre elas Coca – Cola ClothingColcciCharangaForumLacosteMissbellaStarPoint, Tufi DuekTriton1+1.

O evento é gratuito e tem início às 16h. Faça sua inscrição pelo telefone (11) 3729 – 2093 ou através do e-mail atendimento@franchisestore.com.br

Serviço

Evento: Dia do Vestuário

Data: 06 de Novembro (Terça – feira)

Horário: 16h00

Local: Franchise Store – Av. Paulista, 1.337 – 11º andar – São Paulo

Inscrições: (11) 3729 – 2093 ou atendimento@franchisestore.com.br


Farmácia especializada em dermocosméticos custa R$ 127 mil

30/10/2012

A Dermage, rede de farmácia de manipulação especializada em dermocosméticos, está em busca de franqueados. Os interessados terão de desembolsar R$ 127 mil, com previsão de retorno de 24 meses.

A expectativa é que até dezembro deste ano, 10 contratos de franquias da marca devem ser fechados. Para o próximo ano, a previsão é de 50 novas unidades.

O modelo de negócios ofertado é um lounge para shoppings especialmente criado para comercialização de dermocosméticos. A prioridade é que os pontos sejam no estado de São Paulo.

“Ao contrário dos cosméticos importados, os produtos Dermage são desenvolvidos para o clima brasileiro, específicos para nossa pele e cabelo. A empresa investe em alta tecnologia e conseguiu se consolidar num mercado bastante competitivo”, explica a sócia da Franchise Store, Filomena Garcia.

Fonte: UOL Economia

Para saber mais informações sobre a Dermage, clique aqui.


Regras de sucesso dos Beatles

30/10/2012

Mesmo depois de 50 anos da sua primeira música tocada nas rádios, o grupo inglês segue sendo uma referência na música e na construção de marcas

Os Beatles, banda inglesa ícone do rock’n roll, fez sua estreia nas rádios há 50 anos com a canção “Love me do”. Hoje, depois de mais de 40 anos do Quarteto de Liverpool ter se separado, seu legado prevalece não apenas na música, mas também nos arquivos da história do século XX.

E impressionante também são os recordes que a banda ostenta, 27 de suas canções chegaram a Número 1 em listas de popularidade, tanto dos Estados Unidos quanto do Reino Unido; além de milhões de discos vendidos. Os Beatles se transformaram em ícone de uma geração e da forma de pensar de uma época.

Para conseguir este êxito, foi necessário muito mais do que apenas talento. Foi necessário uma visão de negócios e uma detalhada estratégia de posicionamento. Veja algumas dicas que John, George, Paul e Ringo nos ensinam para transformar um produto em sucesso.

1.Construa uma marca

Na década de 60 existiam inúmeros grupos de rock, de grande qualidade, entre eles The Who, The Animals, Simon & Garfunkel e Rolling Stones. Os Beatles entenderam que para se diferenciar não bastava ter boas músicas, eles precisavam de algo mais. Por isso os Beatles desenvolveram um estilo para se vestir, se pentear e atuar no palco.

Lição: Não basta ter um bom produto, você precisa criar uma vantagem competitiva que o diferencie da concorrência.

2.Certifique-se de inovar

Ouvir Beatles é como dar um passeio por diferentes estilos e gêneros musicais, que vão desde baladas até o rock psicodélico. Em cada disco o som apresentado é completamente diferente, isso reflete a constante busca do quarteto pela perfeição e ritmos mais completos.

Lição: inovação é o que faz um líder. Os Beatles estabeleceram a ordem musical que uma canção deve seguir para ser um hit, mas em cada novo trabalho se reinventavam. Não basta criar uma fórmula ganhadora, o verdadeiro líder sabe se reinventar e se adaptar aos novos tempos para estar na vanguarda.

3.Escolha bem seus sócios

Os Beatles não se conheciam antes de formar a banda, exceto McCartney e Harrison que já eram amigos antes de tocarem juntos. Os garotos de Liverpool aprenderam a tocar seus instrumentos em outras bandas, até que pouco a pouco, eles foram substituindo os membros originais. Ser um Beatle foi questão de mérito próprio de cada um dos integrantes, um trabalho realizado em conjunto.

Lição: Ao iniciar uma empresa com um sócio, é importante buscar uma pessoa com características e habilidades complementares as suas. Não precisa ser seu amigo, mas um empresário que compartilhe da sua visão para tocar o negócio.

4.Tenha responsabilidade social

A história dos Beatles mudou quando eles viajaram para a Índia. Foi nesse período que eles escreveram algumas de suas canções mais famosas, mas também quando eles “viram-se”. Eles perceberam que não eram apenas músicos, mas também promotores da paz. Eles demonstram essa visão em  algumas músicas como “All You Need Is Love” e “Let it Be”, por exemplo. Harrison chegou a ser reconhecido por seu trabalho em nome de Bangladesh, enquanto Lennon se tornou um dos maiores críticos da Guerra do Vietnã.

Lição: êxito não se trata apenas de gerar lucro e benefício para si mesmo. Um empreendedor de sucesso é aquele que age em nome da sua sociedade e do mundo em que vive. Para obter o respeito público ele deve ter e cumprir um plano de responsabilidade social.

5.Não desista

Até os Beatles provaram o gosto do fracasso. A banda de Liverpool experimentou a rejeição de grandes gravadoras até uma subsidiária da EMI Records aceitar o grupo para um teste.

Lição: Se você tem um produto ou serviço que realmente acredita, não desista. Se a sua ideia é boa, eventualmente você encontrará o suporte para que ela possa sair do papel. Um verdadeiro empreendedor é perseverante e aprende a superar obstáculos.

6.Paixão

Os Beatles eram verdadeiros amantes de música. Ao longo da carreira, estavam dispostos a aprender a tocar instrumentos musicais diferentes e experimentar sons inéditos. Todos eram compositores e criadores, todos cantaram e tocaram. Por exemplo, Paul começou a tocar guitarra, mas com a ausência de um baixista aprendeu a tocar o instrumento e John aprendeu a tocar piano e se tornou um prodígio.

Lição: Sem dúvida, a maior chave para o sucesso em qualquer disciplina é a vocação e paixão pelo que se faz. É somente com esta paixão que um empresário aprende, transforma e reinventa. E apenas com a paixão que consegue transcender o tempo.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Fonte: SoyEntrepeneur


Veja 5 dicas para empreender na área de moda

30/10/2012

*Por Filomena Garcia

De acordo com dados apresentados pela Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) a cadeia têxtil movimentou US$ 67 bilhões em 2011, e a expectativa é que neste ano o número seja superado. No mercado de franquias, isso se reflete no crescimento que os segmentos de vestuário, acessórios e calçados tem apresentado.

Grandes marcas do setor, que antes só cresciam com lojas próprias, abrem sua expansão por meio de franquia, oferecendo uma ótima oportunidade para que empreendedores com afinidade com essa área possam dar seus primeiros passos como donos de um negócio próprio.

Esse tem sido o caminho escolhido por muitos executivos que buscam seu “plano B”  com menos risco, procurando modelos de negócios que já foram testados e que ofereçam suporte na abertura e na gestão do dia a dia.

Mas é preciso atenção ao entrar nesse mercado, pois existem alguns detalhes que são fundamentais para que a operação de loja no segmento de moda ganhe destaque e tenha sucesso. Confira a seguir:

Defina claramente as coleções

De modo geral, as marcas de vestuário e calçados trabalham com quatro lançamentos de coleções ao ano, mas é importante ter definido um calendário de quando cada uma delas deverá estar no ponto de venda, pois chegar depois dos seus concorrentes pode significar perda de vendas e de clientes que terão oportunidade de conhecer e consumir outra marca.

As coleções são pensadas e criadas normalmente com um ano de antecedência para acompanharem a estação.

Fique antenado com os temas ligado a moda

É importante que o empreendedor que queira atuar neste segmento esteja diariamente buscando informações sobre as principais tendências e estilos que estão em voga. Mesmo que o empreendedor não seja estilista ou não possua conhecimento técnico, é fundamental que se interesse por esse assunto e seja um ótimo conhecedor de marcas e seus diferenciais.

Saiba comprar bem

Saber comprar é muito mais do que somente fazer gestão de estoque, o que também será necessário. É preciso estar atento para acertar nas peças da coleção que terão mais aderência em sua região. No Brasil, temos não só diferenças climáticas de regiões, como também hábitos de consumo característicos de cada cidade, ou até mesmo, dentro de uma mesma cidade.

Uma dica interessante que muitos empreendedores acabam seguindo é ter mais de uma loja ao longo do tempo, como forma de maximizar seu estoque entre as unidades e consequentemente melhorar seu resultado.

Crie uma rede de relacionamentos

Estar presente nos principais eventos sociais e de moda da sua cidade é um fator relevante para quem pensa em empreender nesta área. Tem que se fazer presente e ser lembrado. Principalmente em cidades menores, onde esses laços são facilitados e valorizados.

Participar ativamente nas mídias sociais dando opiniões e dicas de estilo para o seu público alvo, seguir os principais blogs sobre o assunto, participar e criar desfiles em parceria com outras marcas são algumas ações que podem ampliar suas possibilidades de crescimento e referência.

Avalie seu perfil empreendedor

Pode parecer básico falar sobre esse tema. No entanto, ter o perfil adequado para o tipo de empreendimento escolhido se torna cada vez mais fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Pense nas suas afinidades. Veja se seria fácil praticar as dicas dadas ou seria um esforço muito grande implementá-las na sua rotina. Esse é um sinal importante de identificação e pode indicar se o investimento vale a pena, ou se é melhor buscar um outro segmento no qual as suas potencialidades serão mais necessárias e valorizadas.

Lembre-se, o empreendedor sempre poderá fazer um esforço para melhorar seus pontos fracos na hora de empreender, mas é potencializando seus pontos pontos fortes que se faz a diferença.

 

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”

 

Fonte: UOL


Bom momento econômico brasileiro atrai franquias espanholas

23/10/2012

Com a crise na Europa muitas empresas vislumbram no sistema de franquias a possibilidade de alavancar o seu negócio

Diante da crise da dívida da Zona do Euro, muitas empresas europeias estão buscando os países emergentes para desenvolver seus negócios. O Brasil é uma vitrine para muitas empresas que vislumbram no sistema de franquias a possibilidade de alavancar o seu negócio.

O Brasil tem sido visto com bons olhos pelas franquias espanholas, devido ao bom momento econômico que o país atravessa.  Porém, o franqueador precisa pesquisar o mercado em relação ao produto que pretende distribuir.

Touch, franquia que comercializa relógios e acessórios, chegou ao Brasil em abril de 2009 e conta com 90 unidades franqueadas pelo País. A taxa de investimento para o negócio, somando a taxa de franquia (a partir de R$ 107 mil) e o capital de giro R$ 30 mi. O faturamento mínimo é de R$ 45 mil com taxa de retorno a partir de entre 16 meses.

Para saber mais informações sobre a Touch, clique aqui.