Regras de sucesso dos Beatles

Mesmo depois de 50 anos da sua primeira música tocada nas rádios, o grupo inglês segue sendo uma referência na música e na construção de marcas

Os Beatles, banda inglesa ícone do rock’n roll, fez sua estreia nas rádios há 50 anos com a canção “Love me do”. Hoje, depois de mais de 40 anos do Quarteto de Liverpool ter se separado, seu legado prevalece não apenas na música, mas também nos arquivos da história do século XX.

E impressionante também são os recordes que a banda ostenta, 27 de suas canções chegaram a Número 1 em listas de popularidade, tanto dos Estados Unidos quanto do Reino Unido; além de milhões de discos vendidos. Os Beatles se transformaram em ícone de uma geração e da forma de pensar de uma época.

Para conseguir este êxito, foi necessário muito mais do que apenas talento. Foi necessário uma visão de negócios e uma detalhada estratégia de posicionamento. Veja algumas dicas que John, George, Paul e Ringo nos ensinam para transformar um produto em sucesso.

1.Construa uma marca

Na década de 60 existiam inúmeros grupos de rock, de grande qualidade, entre eles The Who, The Animals, Simon & Garfunkel e Rolling Stones. Os Beatles entenderam que para se diferenciar não bastava ter boas músicas, eles precisavam de algo mais. Por isso os Beatles desenvolveram um estilo para se vestir, se pentear e atuar no palco.

Lição: Não basta ter um bom produto, você precisa criar uma vantagem competitiva que o diferencie da concorrência.

2.Certifique-se de inovar

Ouvir Beatles é como dar um passeio por diferentes estilos e gêneros musicais, que vão desde baladas até o rock psicodélico. Em cada disco o som apresentado é completamente diferente, isso reflete a constante busca do quarteto pela perfeição e ritmos mais completos.

Lição: inovação é o que faz um líder. Os Beatles estabeleceram a ordem musical que uma canção deve seguir para ser um hit, mas em cada novo trabalho se reinventavam. Não basta criar uma fórmula ganhadora, o verdadeiro líder sabe se reinventar e se adaptar aos novos tempos para estar na vanguarda.

3.Escolha bem seus sócios

Os Beatles não se conheciam antes de formar a banda, exceto McCartney e Harrison que já eram amigos antes de tocarem juntos. Os garotos de Liverpool aprenderam a tocar seus instrumentos em outras bandas, até que pouco a pouco, eles foram substituindo os membros originais. Ser um Beatle foi questão de mérito próprio de cada um dos integrantes, um trabalho realizado em conjunto.

Lição: Ao iniciar uma empresa com um sócio, é importante buscar uma pessoa com características e habilidades complementares as suas. Não precisa ser seu amigo, mas um empresário que compartilhe da sua visão para tocar o negócio.

4.Tenha responsabilidade social

A história dos Beatles mudou quando eles viajaram para a Índia. Foi nesse período que eles escreveram algumas de suas canções mais famosas, mas também quando eles “viram-se”. Eles perceberam que não eram apenas músicos, mas também promotores da paz. Eles demonstram essa visão em  algumas músicas como “All You Need Is Love” e “Let it Be”, por exemplo. Harrison chegou a ser reconhecido por seu trabalho em nome de Bangladesh, enquanto Lennon se tornou um dos maiores críticos da Guerra do Vietnã.

Lição: êxito não se trata apenas de gerar lucro e benefício para si mesmo. Um empreendedor de sucesso é aquele que age em nome da sua sociedade e do mundo em que vive. Para obter o respeito público ele deve ter e cumprir um plano de responsabilidade social.

5.Não desista

Até os Beatles provaram o gosto do fracasso. A banda de Liverpool experimentou a rejeição de grandes gravadoras até uma subsidiária da EMI Records aceitar o grupo para um teste.

Lição: Se você tem um produto ou serviço que realmente acredita, não desista. Se a sua ideia é boa, eventualmente você encontrará o suporte para que ela possa sair do papel. Um verdadeiro empreendedor é perseverante e aprende a superar obstáculos.

6.Paixão

Os Beatles eram verdadeiros amantes de música. Ao longo da carreira, estavam dispostos a aprender a tocar instrumentos musicais diferentes e experimentar sons inéditos. Todos eram compositores e criadores, todos cantaram e tocaram. Por exemplo, Paul começou a tocar guitarra, mas com a ausência de um baixista aprendeu a tocar o instrumento e John aprendeu a tocar piano e se tornou um prodígio.

Lição: Sem dúvida, a maior chave para o sucesso em qualquer disciplina é a vocação e paixão pelo que se faz. É somente com esta paixão que um empresário aprende, transforma e reinventa. E apenas com a paixão que consegue transcender o tempo.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Fonte: SoyEntrepeneur

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: