Adquirir um negócio existente é opção para quem não quer começar do zero

*Por Filomena Garcia

Quando o empreendedor pensa em ter um negócio próprio, é comum que ele queira abrir uma empresa do zero, desprezando a princípio qualquer possibilidade de adquirir uma que já esteja em funcionamento.

Isso acontece, principalmente, por pura falta de informação sobre alguns aspectos como, por exemplo, onde encontrar negócios à venda, como avaliar o valor da empresa, como fazer a transição da antiga para a nova gestão, entre outros.

O mercado de franquias, de certa forma, facilita esse acesso aos empreendedores à medida que todo o franqueador tem informação sobre os franqueados da sua rede que pretendem vender seus negócios pelos mais variados motivos.

A vantagem em se adquirir um negócio em funcionamento é que, de cara, você já inicia a operação sabendo em média qual será o seu faturamento. Começa, também, com uma carteira de clientes que já conhece sua marca, seus produtos e serviços e a sua localização. Isso atenua o risco, já que você terá antecipadamente as informações sobre as vendas, despesas e receita líquida do negócio naquele momento.

Outra vantagem é o tempo que você levará para assumir o negócio, que costuma ser mais rápido do que desenvolver o negócio do zero. Hoje, um fator que é gargalo para a abertura de qualquer operação de varejo é a prospecção, localização e negociação de bons pontos comerciais, sejam eles em shopping centers ou em rua. Em média, leva-se de dois a três meses para se concretizar uma negociação, fora o tempo de obra até a  inauguração da loja.

É importante destacar, também, que os negócios não são vendidos apenas porque o resultado seja ruim. E, mesmo que esse seja o caso, talvez você tenha à sua frente uma grande oportunidade de, por meio de uma boa gestão, mudar completamente a realidade de um negócio.

Por isso, é fundamental que você entenda as razões que estão levando o empreendedor a vender, que podem estar associadas a questões de ordem familiar e pessoal, à mudança de cidade, nascimento de filhos, aposentadoria entre outros.

Assim, você poderá definir melhor qual será a sua estratégia de crescimento e expansão e em quais áreas você colocará seus esforços.

Portanto, seja no mercado de franquias – comprando uma unidade em funcionamento – ou mesmo em outro segmento, pense e avalie antes de decidir: quais são as oportunidades que estão quentes e funcionando a todo vapor, esperando somente um novo empreendedor com sangue novo, garra e boas idéias para operá-las e assim extrair melhores resultados.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: