Mercado de franquias vira opção de investimento

*Por Filomena Garcia

Há algum tempo, investidores enxergavam os ativos financeiros como uma opção que oferecia segurança e alta rentabilidade. Porém, com a diminuição dos juros desses ativos, essa opção de investimento já não parece mais tão atrativa. Em busca de um “plano B” para garantir seu futuro e estabilidade, investidores têm procurado alternativas que ofereçam um retorno mais significativo.

Dentre as opções de investimento disponíveis no mercado, a economia real vem sendo reconhecida como uma excelente oportunidade, não apenas para empreendedores que buscam começar seu primeiro negócio, mas também para investidores acostumados a operar no mercado financeiro.

Esse modelo econômico, que prioriza a produção de bens e serviços, vem atraindo investimentos por ser uma opção de negócio que tem se mostrado forte em vários aspectos.

Diversos segmentos apresentam crescimento

As oportunidades de investimento em economia real são inúmeras, em diversas áreas e segmentos, e todas têm apresentando um ótimo crescimento. O que não falta para o investidor é opção. Uma das oportunidades que tem se mostrado bastante atrativa é o mercado de franquias.

O perfil dos investidores em franquias tem mudado bastante ao longo dos anos, e essa mudança é reflexo das mudanças na economia, não apenas brasileira, mas mundial. Por ser um modelo de negócio que já foi testado, replicado e que apresenta um baixo risco, o franchising tem atraído a atenção de muitos investidores que, mesmo sem experiência anterior nesse tipo de operação, estão apostando nesse segmento da economia.

Investidor não precisa estar à frente da operação

O tempo de aprendizagem de um negócio em franquias tende a ser mais rápido, pois o know-how é passado pelo franqueador, “dono da marca” e do conceito do negócio, em um treinamento amplo antes mesmo da abertura da unidade, cobrindo diversas áreas como gestão do negócio, marketing e vendas, dentre outros. Além disso, você terá o apoio no dia a dia, através de uma equipe de consultores de campo que visitarão sua unidade como forma de lhe transmitir as melhores práticas da rede.

Não é necessário que o investidor esteja à frente da operação para administrá-la. Ele pode trazer sócios operadores para tocar o negócio. O investidor também pode entrar em contato com os franqueados da rede que ele tem interesse, para buscar mais informações que possam auxiliá-lo na tomada de decisão.

Um conhecimento prévio do mercado também pode ajudar o investidor, pois, caso seja necessário, ele saberá qual a melhor decisão a ser tomada mediante a uma situação inesperada.

Independente da magnitude do risco, ele sempre existirá, seja em ativos financeiros, em economia real ou em outro tipo de investimento. O risco é inerente do percurso para a materialização do negócio. Identifique seu perfil de investidor, procure empreender em oportunidades que você consiga dimensionar o risco do negócio e, principalmente, escolha áreas em que você tenha afinidade, pois esse aspecto fará muita diferença na sua dedicação e, consequentemente, no sucesso do negócio.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: