Franchise Store promove workshops de franquias

06/04/2011
A empresa fechou 2010 com um crescimento de 25% com relação a 2009. Em 2011, a Franchise Store pretende chegar a 100 marcas e crescer 20%.

A Franchise Store, empresa que vende franquias, promoverá encontros voltados aos interessados em conhecer melhor os diversos segmentos de franquia. Entre abril e maio haverá seis worskshops: Acessórios e Calçados; Alimentação; Vestuário; Saúde e Beleza; Serviços e Educação. A Semana Franchise Store apresentará dados e tendências dos segmentos e vai oferecer atendimento especial voltado para cada fatia do mercado.

Os interessados poderão obter informações das seguintes marcas: Alphagraphics, Aloha Eyewear, Andarella, Bexpress, Bob’s, Café Jardim Expresso, Cantão, Century 21, China In Box, CNA, Contours, Deny Tennis, Doggi’s, Domino’s Pizza, Elementais, Empório Bijux, Empório Body Store, Farmais, Fitness Together, Flytour, Gendai, Griletto, Habib’s, Icemellow, KFC, Koni Store, Lacoste, La Martina, La Pasta Gialla, Linha e Bainha, Misbella, Onodera, Ortoceo, Ortodontic Center, Pastelândia, Pelé Club, Prima Clean, Ragazzo, Redley, Rizzo Gourmet, Seletti, Spoleto, Mr.Cat, Nina Fiori, Nokia, Notebook Century, Number One, Quality Lavanderia, Star Point, Swains, 1 mais 1, Uniorto, Unyca | CDP,  Valmari, Yoggi e Xuz.

Estudo realizado pela Franchise Store aponta que 80% dos investidores que compram franquias têm ensino superior completo. Do total, 57% investem mais de R$ 100 mil no negócio e 15% acima de R$ 250 mil. Em 2009 só 49% dos franqueados aplicavam mais de R$ 100 mil. “Os dados comprovam o que vemos no dia-a-dia: o franchising é visto cada vez mais como um investimento muito seguro”, garante Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store.

A empresa fechou 2010 com um crescimento de 25% com relação a 2009. Em menos de dois anos de operação a loja passou de 20 para mais de 70 marcas, vendeu cerca de 460 franquias dos mais diversos segmentos, comercializou 260 pontos comerciais e movimentou R$ 225 milhões na abertura de novos negócios. No total, foram 60 workshops realizados ao longo de 24 meses, com participação de mais de cinco mil investidores. Em 2011, a Franchise Store pretende chegar a 100 marcas e crescer 20%.

Para agendamento, basta ligar para (11) 3729-2093 ou enviar e-mail para faz@franchisestore.com.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . Quem for à loja durante os eventos com interesse por outro segmento será atendido normalmente.

Serviço:
05/04 – Semana de Acessórios e Calçados
14/04 – Semana da Alimentação                              
26/04– Semana de Vestuário
05/05 – Semana de Saúde e Beleza
12/05 – Semana de Serviços (tecnologia, turismo, lavanderias e imobiliárias)
26/05 – Semana da Educação

Franchise Store
Endereço: Rua Nove de julho, 4.400 
Data: de 05 de abril a 26 de maio de 2011
Horário: das 18h30 às 20h30

Inscrições: (11) 3729-2093 ou faz@franchisestore.com.br

Fonte: www.metaanalise.com.br

image

Anúncios

Eventos de Apresentação de Segmentos e Oportunidades – Franchise Store

28/03/2011

DSC00556DSC00368DSC00434

A Franchise Store realiza eventos de apresentação de segmentos e as oportunidades de negócios das marcas que constituem o portfolio Franchise Store. Esta é uma excelente oportunidade de conhecer as franquias e definir a que mais combina com suas expectativas e com o seu bolso.

Esperamos por você!

Horário: 18h30

Local: Franchise Store | Av. Nove de Julho, 4400 – Jardim Paulista – SP

Confirme sua presença através do email: faz@franchisestore.com.br

05/04 – Acessórios e Calçados

  • Aloha
  • Andarella
  • Deny Tennis
  • Empório Bijux
  • Mr. Cat
  • Nina Fiori
  • Swains
  • Xuz

14/04 – Alimentação

  • Bexpress
  • Bob’s
  • Café Jardim Espresso
  • China in Box
  • Doggi’s
  • Domino’s Pizza
  • Gendai
  • Griletto
  • Habib’s
  • Icemellow
  • KFC
  • Koni Store
  • La Pasta Gialla
  • Pastelândia
  • Ragazzo
  • Rizzo Gourmet
  • Seletti
  • Spoleto
  • Yoggi

26/04 – Vestuário

  • Cantão
  • 1 mais 1
  • Elementais
  • Lacoste
  • Missbella
  • Star Point
  • Redley
  • La Martina

05/05 – Saúde e Beleza

  • Contours
  • Empório Body Store
  • Farmais
  • Fitness Together
  • Onodera
  • Ortoceo
  • Ortodontic Center
  • Pelé Club
  • Sorridents
  • Uniorto
  • Valmari

12/05 – Serviços (tecnologia, turismo, lavanderias e imobiliárias)

  • Alpahgarphics
  • Flytour
  • Century 21
  • Nokia
  • Notebook Century
  • Linha e Bainha
  • Prima Clean
  • Quality Lavanderia

26/05 – Educação

  • CNA
  • Number One
  • Unyca | CDP

*as programações estão sujeitas a alterações.

image


Extra, Extra! A Franchise Store abrirá as portas este sábado!

01/12/2010

image A Franchise Store abrirá as portas este sábado das 09h00 às 12h00 para atender os investidores que estão interessados em comprar uma franquia mas que ainda não encontraram tempo livre para nos visitar. Agora é a hora! Dia 04/12 (sábado) a Franchise Store estará recebendo todas as pessoas com interesse em conhecer mais sobre as marcas da loja

Não precisa marcar horário, é só comparecer!

Av. Nove de Julho, 4400 – Jardim Paulista – SP

Fone: 11 3729-2093

image


Franchise Store divulga seu novo calendário de eventos

17/02/2010

Com o sucesso das apresentações especiais realizadas no ano passado, apresentamos nosso novo calendário de eventos.

Não perca esta oportunidade de conhecer melhor o mercado de franquias e as marcas que você encontra na Franchise Store.

Confira abaixo as datas dos próximos eventos e reserve já a data em sua agenda!

25/02 – Apresentação especial Tacontento

Conheça a Tacontento, um novo conceito em franquias de alimentação


03/03 – Franquias de até R$150mil

As melhores oportunidades do mercado de franquias com investimento mínimo de até R$150 mil, conheça melhor as marcas:
Jardim Espresso, Mr. Mix, Planet Chokolate, Nutty Bavarian, Mr. Pretzels, Alps, CNA, ERA, Farmais, Flashop, Flytour, Hoken Store, Instituto Embelleze, Linha e Bainha, Mahogany, Microlins, Number One, People Computação, SKILL e Wizard.


17/03 – Franquias de Alimentação

Conheça melhor as marcas:
Bob’s, Bon Grillê, Domino’s Pizza, Griletto, Habib’s, Jardim Espresso, Koni Store, Mr. Mix, Mr. Pretzels, Nutty Bavarian, QG, Ragazzo, Seletti, Spoleto, Tacontento, Rizzo Gourmet, Yoggi e Planet Chokolate.


24/03 – Franquias de Acessórios, Calçados e Vestuário

Conheça melhor as marcas:
Andarella, City Shoes, Elementais, Flashop, Missbella, MMartan, Mr. Cat, Petit, Star Point, Swains e Ad Life Style


31/03 – Franquias de Educação

Conheça melhor as marcas:
Alps, CNA, Instituto da Costura, Instituto Embelleze, Microlins, Number One, People Computação e SKILL, Wizard


07/04 – Franquias de Saúde e Beleza

Conheça melhor as marcas:
CEI, Contours, Empório Body Store, Farmais, Fitness Together, Hoken Store, Mahogany, Onodera, Ortoceo, Ortodontic Center, Óticas Carol, Pelé Club, Sorridents e Uniorto.


14/04 – Franquias de Negócios e Serviços

Conheça melhor as marcas:
Alphagraphics, ERA, Fast Signs, Flytour, Linha e Bainha e Quality.

image


Bodas de prata

01/02/2010

Confira abaixo nota publicada no Valor Econômico de hoje falando sobre os planos de expansão da MMartan.

image

A Mmartan delineou um plano ousado de expansão depois da sua venda para a Springs Global, que pertence à Coteminas, em 2009. A rede comemora 25 anos com previsão de abrir 40 novas lojas até o final deste ano e o aumento de 100% da capacidade de produção. Hoje, a empresa tem 40 lojas próprias e 67 franquias e também fornece seus produtos para hospitais, hotéis e spas. Em março, chega à loja a coleção outono-inverno com itens como os lençóis da foto.

 

Passe na Franchise Store e conheça a MMartan.

 

Quer receber mais notícias como esta? Cadastre-se aqui!


Internet cresce mais de 25% no quadrimestre

30/06/2009

Fonte: M&M online

O faturamento da mídia brasileira como um todo caiu 3,9% em abril em relação ao mesmo mês de 2008, segundo revelam os números do Projeto Inter-Meios. Apesar do resultado negativo, o desempenho no acumulado dos quatro primeiros meses do ano pode ser considerado satisfatório, com crescimento de 2,6% em relação a igual período do ano passado. Em números absolutos, os veículos faturaram R$ 5,98 bilhões entre janeiro e abril, contra os R$ 5,82 bilhões do ano anterior.

Entre os meios que fecharam o quadrimestre no azul, o de melhor performance foi a internet, com crescimento de 25,6%. Destaque também para cinema (com resultado 12,1% superior ao dos quatro primeiros meses de 2008), mídia exterior (11,4%) e TV por assinatura (10,8%) – as únicas mídias a alcançar crescimento na casa dos dois dígitos. A TV aberta, que concentra 60% das verbas publicitárias, cresceu 6%, e o rádio, 3,4%. O período foi difícil para a mídia impressa, com queda de 9,2% no faturamento dos jornais, 5,4% no das revistas e 19,5% no de guias e listas. Os resultados completos estão publicados no site www.projetointermeios.com.br


Coteminas volta ao berço

11/05/2009

Confira abaixo reportagem publicada na revista IstoÉ Dinheiro que fala sobre a compra da MMArtan pela Coteminas e os planos de expansão da marca.

 

A empresa que nasceu como uma loja de tecidos em Minas Gerais quer atuar no varejo até mesmo na China.

Josué Gomes da Silva, presidente

Josué Gomes da Silva, presidente

Na terça-feira 5, o empresário Josué Gomes da Silva assinou o contrato de aquisição de 65% da M. Martan, rede de lojas de produtos de cama, mesa e banho. A transação já havia sido anunciada ao mercado, mas só foi oficialmente selada na semana passada com a assinatura. Assim, a Coteminas, maior empresa têxtil do País, controlada por Josué, coloca seus pés no varejo. A rigor, seria uma volta às origens, já que a companhia nasceu de uma pequena loja de tecidos aberta na cidade de Caratinga (MG) pelo pai de Josué, o atual vice-presidente da República José Alencar. Desta vez, porém, a investida da família Silva parece ser o primeiro passo de planos mais ambiciosos. Num futuro não muito distante, Josué pretende levar a marca M. Martan para a Argentina. Ao mesmo tempo, iniciou estudos de mercado para atuar no varejo na China, com lojas próprias. “O ritmo desses investimentos dependerá da conjuntura e do desenrolar da crise mundial, mas a decisão está tomada”, afirma Josué. A verticalização da companhia acontece num momento delicado de sua trajetória. A incorporação, a partir de 2005, da Springs, maior fabricante do setor nos EUA, revelou-se dolorosa e cara. Das 12 fábricas da empresa em território americano, restaram apenas cinco. Boa parte do parque industrial das unidades de lá foi transferida para as plantas brasileiras. Só a redução da estrutura industrial nos Estados Unidos absorveu US$ 200 milhões. “Além disso, o grupo demorou a reagir à recessão americana”, diz um analista de um banco de investimentos. “A Coteminas apostou numa retração passageira e não em uma crise profunda.” Os altos custos desse processo e a queda nas vendas americanas se refletiram no balanço do grupo. Em 2008, o faturamento bateu em R$ 3,6 bilhões, mas o lucro ficou em pouco mais de R$ 13 milhões. “É um resultado absurdo”, diz Josué. “É muito esforço para pouco ganho.”

A entrada no varejo é vista como um importante passo para mudar esse estado de coisas. Para essa nova empreitada, a Coteminas pretende utilizar a experiência de varejo acumulada pela M. Martan, em mais de 20 anos de existência. Fundada em meados da década de 80 por Marilena Martan e suas duas filhas, a rede possui hoje 84 unidades espalhadas pelo País. Seu público é formado, sobretudo, por consumidores das classes A e B – e essa foi uma das características que atraíram a atenção da Coteminas. As famosas marcas da companhia têxtil, como Santista, Artex e Garcia, atendem clientes da classe média. “Em nosso portfólio, faltava justamente uma grife para os consumidores de poder aquisitivo mais elevado”, diz Josué. “Com a M. Martan, preencheremos essa lacuna. Nossas marcas não brigam entre si. Elas se completam.” A grife também será utilizada para a primeira incursão internacional do varejo da Coteminas. O destino será a Argentina, um mercado com “traços europeus, muito próximo do estilo das peças fabricadas e comercializadas pela M. Martan”, como diz Josué. 

Josué e Marilena, fundadora da M. Mmartan: próxima parada da marca é a Argentina

Josué e Marilena, fundadora da M. Mmartan: próxima parada da marca é a Argentina

Já para a China, a estratégia será diferente. Lá, os pontos de venda estamparão o nome Wansutta. Trata-se de uma tradicional marca americana de artigos de mesa, cama e banho, que pertence à Coteminas desde a aquisição da americana Springs em 2005. “Já testamos a marca no mercado chinês e a aceitação foi muito boa”, garante Josué. Além disso, o mercado chinês não é propriamente um mistério para os brasileiros. A Coteminas já atua no país há alguns anos, através de uma trading que mantém parcerias com fabricantes locais de produtos têxteis. Uma atuação mais contundente no mercado chinês vinha sendo cobrada, diz Josué, pelos próprios executivos locais da empresa. Segundo eles, há espaço no país para marcas que reúnam tradição e sofisticação, como a Wansutta.

“Nosso lucro foi absurdo”

A seguir, trechos da entrevista de Josué Gomes da Silva à DINHEIRO:

Dinheiro – Por que comprar a M. Martan?
Josué Gomes
É uma marca voltada para o consumidor de alta renda, que faltava em nosso portfólio. É uma grife complementar às nossas. Além disso, a empresa possui um processo de desenvolvimento de produtos sofisticadíssimo que poderemos utilizar amplamente em nosso negócio. Também teremos um contato direto com o consumidor.

Dinheiro – Analistas dizem que a Coteminas demorou a se voltar para o mercado brasileiro, quando a recessão americana explodiu. A M. Martan ajudaria nisso?
Gomes
Nos EUA, os contratos da indústria com o varejo são de um ou dois anos. No Brasil, as encomendas são mensais. Lá, não é possível deixar de atender um varejista do dia para a noite.

Dinheiro – Isso explica os resultados ruins da empresa?
Gomes
O lucro de 2008 foi um absurdo. É muito esforço para pouco ganho. Mas nesse resultado estão incluídos os custos da reestruturação nos EUA, com o fechamento de fábricas e demissões. Em contrapartida, praticamente reconstruímos nossas unidades no Brasil e as transformamos nas mais modernas do mundo.

Os planos mais fortes de expansão, porém, estão reservados para o mercado interno. As metas de Marilena e das filhas incluem a duplicação do número de lojas no período de três anos. O dinheiro viria justamente do aporte feito pela Coteminas. Parte dos R$ 55 milhões pagos para as três empreendedoras teve como destino o caixa da companhia. “Com esses recursos, é possível zerar o endividamento”, diz Josué. “O custo de financiamento para a empresa era altíssimo. Os bancos judiaram demais. Pelo que eles cobravam, não queriam o desenvolvimento do negócio.” Agora, o nome Coteminas, com sua força financeira, contribuirá para puxar os juros cobrados da M. Martan para baixo. Mesmo com essas vantagens, Josué não garante a duplicação da rede. “Nossa limitação pode ser capacidade de preparar recursos humanos para essa expansão”, diz ele. A gestão da marca permanecerá nas mãos de Marilena e das duas filhas. As três participarão do conselho de administração recém-criado. A Coteminas terá quatro representantes. Está nas mãos desses sete profissionais a missão de transformar a Coteminas numa empresa tão relevante no comércio quanto é no varejo.